Alunos aprendem a agir em caso de sismo

Os alunos da EB 2,3 André Soares, em Braga, associaram-se esta Segunda-feira, dia 5 de Novembro, ao exercício ‘A Terra Treme’ e simularam os comportamentos a seguir em caso de sismo. Esta iniciativa, que pretendeu alertar e sensibilizar a comunidade escolar sobre como agir antes, durante e após um sismo, contou com a presença de Lídia Dias, vereadora da Educação do Município de Braga, e foi dinamizada pela Divisão Municipal de Protecção Civil.

Durante um minuto, precisamente às 11h05, os alunos praticaram os três gestos básicos de protecção em caso de sismo: Baixar, Proteger e Aguardar. Esta foi uma iniciativa de âmbito nacional promovida pela Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), em parceria com a Direcção-Geral da Educação (DGE) e a Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), e visa capacitar os cidadãos a saberem como agir em caso de sismo.

Para além do trabalho desenvolvido no estudo, planeamento e prevenção de riscos e catástrofes naturais, o Município de Braga assume a importância de sensibilizar a população para as atitudes correctas a adoptar, neste caso, numa situação de ocorrência de sismo.

Embora esta iniciativa vise abranger todos os cidadãos, a Autarquia Bracarense voltou a dedicar especial atenção na população mais jovem, nomeadamente os alunos do ensino básico, “por ser um segmento da população muito receptivo e permeável à mensagem subjacente à iniciativa, e que altera mais facilmente comportamentos e atitudes face ao risco”, explicou Lídia Dias, esperando que os alunos possam influenciar e sensibilizar os seus familiares e amigos.
Fonte: blog do minho


 

'>

Author Information

'>

Color

Details