Aviso – acesso restrito às instalações

Informa-se que, considerando as medidas impostas pelo Estado de Emergência no sentido de evitar a propagação do COVID-19, todas as instalações do Agrupamento se encontram encerradas ou com acesso restrito. Eventuais contactos devem ser efetuados por email (geral@aeandresoares.pt) ou por telefone (968 077 793), disponível das 9 às 12 horas e das 14 às 16.30 horas.
Situações de emergência relacionadas com o COVID-19, depois de cumpridas as normas da Direção Geral de Saúde, devem ser comunicadas para: covid19@aeandresoares.pt ou 968 077 793, identificando a criança / aluno, ano e turma, em conformidade com o plano de contingência do Agrupamento.
Toda a informação será disponibilizada na página do Agrupamento.
A Diretora,
Maria da Graça Moura


Coronavírus COVID-19 (em atualização)


Face à epidemia causada pelo Coronavírus 2019 (n-CoV), que se iniciou na cidade de Wuhan, China, mas já disseminado por outros continentes, e atendendo à declaração da OMS de 30 de janeiro de 2020, ao abrigo dos mecanismos do Regulamento Sanitário Internacional, de que a atual infeção com o Coronavírus 2019 (n-Cov) constitui uma Emergência de Saúde Pública de âmbito Internacional, informa-se que
A Direção-Geral da Saúde (DGS) em estreito alinhamento com as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), tem ativado o seu plano de contingência interno.
:: vídeo sobre a importância do sabão na luta contra o coronavírus
:: Comunicado aos Encarregados de Educação
:: Plano de Contingência COVID-19
:: vídeo
:: perguntas frequentes
:: informação 1
:: informação 2
:: site da DGS

Orientações na área da alimentação

A lavagem das mãos, as medidas de etiqueta respiratória e de distanciamento social serão sempre as medidas mais importantes para prevenir a propagação da doença por novo coronavírus (COVID-19). Contudo, sabemos que um estado nutricional e de hidratação adequados contribuem, de um modo geral, para um sistema imunitário otimizado e para uma melhor recuperação dos indivíduos em situação de doença. Consulte o manual com orientações na área da alimentação que pode ser utilizado por profissionais de saúde e por toda a população, pois hoje, somos todos agentes de saúde pública.

 

Manual

https://nutrimento.pt/activeapp/wp-content/uploads/2020/03/Alimentação-e-COVID-19.pdf

 

Mais informação

https://nutrimento.pt



Horta urbana comunitária e a ameaça da vespa asiática

Horta urbana comunitária para uma cidade nova
Em Braga, existe um aumento significativo de campos agrícolas o que contribui para um ambiente mais limpo. Nas áreas urbanas, a atividade agrícola de subsistência, materializada sob a forma de hortas permite uma melhoria da qualidade ambiental, sendo relevante para a manutenção da qualidade do solo, da biodiversidade e, consequentemente, da estrutura ecológica.

A residente Eulália Pereira possui uma horta urbana, há cerca de três anos e meio, a Horta Urbana Comunitária das Lameiras.
Uma horta comunitária é um espaço organizado, dividido em parcelas que são cedidas gratuitamente para serem utilizadas pelos interessados para o cultivo de legumes, hortaliças, plantas aromáticas e medicinais e espécies frutícolas.
:: ler artigo na íntegra


Rainha polinizadora ameaçada pela vespa asiática

Em Portugal, especialmente na região do Minho, a abelha melífera está a ser alvo de ataques da vespa asiática, que se tem espalhado por outras regiões do país, dizimando imensas colmeias, provocando prejuízos aos apicultores, mas afetando também o ecossistema.

As abelhas são animais com um papel fundamental para a biodiversidade, que estão a ser ameaçadas pela poluição ambiental, pela utilização excessiva de produtos químicos e, há alguns anos, pela espécie invasora, a vespa asiática.
Segundo Natália Costa, técnica da Quinta Pedagógica de Braga, “as abelhas são indispensáveis para a biodiversidade por serem um dos principais polinizadores das plantas”. A técnica citou uma frase atribuída ao físico Albert Einstein, para reforçar o seu papel no ecossistema: “Se as abelhas desaparecerem da face da Terra, a humanidade terá apenas mais quatro anos de existência. Sem abelhas não há polinização, não há reprodução da flora, sem flora não há animais, sem animais, não haverá raça humana.”
:: ler artigo na íntegra


 

Dia Nacional do Estudante

O Dia Nacional do Estudante comemora-se anualmente no dia 24 de março. Além de um dia de comemoração, este é um dia de luta e de homenagem, já que a data é celebrada pelo movimento estudantil nacional, de forma a relembrar as dificuldades e obstáculos que os estudantes enfrentaram nas décadas de 60, aquando da crise académica vivida em Portugal.
Este ano em condições especiais o Ministério da Educação disponibiliza um vídeo dirigido aos alunos em tempo de suspensão das atividades letivas presenciais.

Aos nossos estudantes desejamos um EXCELENTE ESTUDO EM CASA.

Sessão de astronomia

No dia 10 de março, entre as 12h00 e as 13h30, com a Primavera a despertar num sol radioso, o grupo de Geografia na pessoa do professor Pedro Teles, não quis deixar passar a oportunidade de mostrar mais em pormenor algumas das peculiaridades do astro rei.
Neste sentido, montou-se um telescópio refrator de Newton focalizado para o Sol, cuja imagem foi projetada num écran branco improvisado para o efeito.
O esforço de passar tanto tempo a ajustar o telescópio milimetricamente foi amplamente recompensado pelo facto dos alunos ali presentes (5.ºH; 8.ºI; 8.ºE, 8.ºH, 9.ºA e 9.ºH, entre outros ) terem conseguido visualizar um círculo luminoso com uns 15 cm de diâmetro onde eram notórias as manchas solares.
Pena foi que a observação da lua não se tenha podido efetuar por questões logísticas… fica prometida uma observação do nosso satélite natural para muito em breve.
Grupo de Geografia