Abertura das Candidaturas a Bolsas de Estudo para aulas de Dança e Música 2022/2023

O Município de Braga, com o objetivo de permitir uma utilização ativa e participativa das instalações do Mercado Cultural do Carandá e de fomentar a aprendizagem da música e dança no concelho, articulou com a Fundação Bomfim a atribuição de 35 bolsas de estudo para aulas de música e com a Arte Total a atribuição de 45 bolsas de estudo para aulas de dança. As bolsas correspondem à frequência de aulas durante o ano letivo 2022/2023 nas instalações das duas escolas reconhecidas pelo seu valor artístico e pedagógico e sediadas no Mercado Cultural do Carandá.
O processo de candidatura decorre até ao dia 15 de Julho, devendo os interessados, efetuarem o devido preenchimento dos formulários de candidatura.
A apresentação das candidaturas deve ser realizada junto do Balcão Único do Município de Braga, podendo os interessados escolher as seguintes modalidades:
– Atendimento Presencial, mediante pedido de marcação prévia. Horário contínuo de 2.ª a 6.ª feira das 9h00 às 16h30 . Telefone:253 616 060.
– Por correio postal, para a seguinte morada: Balcão Único Municipal – Praça Conde de Agrolongo , 4704-514, Braga.
– Por correio eletrónico, através do email: municipe@cm-braga.pt.
– Através do serviço online do Balcão Único disponível em: https://balcaounico.cm-braga.pt, sendo necessário no primeiro acesso o registo prévio no portal.
Para mais informações está disponível o seguinte endereço eletrónico: cultura@cm-braga.pt.
:: cartaz informativo
:: modelo para inscrição em dança
:: modelo para inscrição em música 
:: critérios de atribuição de bolsa de estudo


 

E lá vão 50 anos!

Uma comunidade unida. Unida pelos laços que ficaram atados pelo percurso escolar André Soares.
Em quase todas as famílias bracarenses há alguém que frequentou a escola, que se recorda dos bons momentos vividos na fase da vida mais marcante na construção do carácter e da personalidade.
Muitos a ela continuam ligados, concedendo-lhe o privilégio de contribuir para a boa formação dos seus filhos. Uma prova de confiança nesta grande organização educativa. Que a dota de credibilidade.
O Agrupamento de Escolas André Soares está inserido no coração da cidade de Braga, com sede na Escola EB 2,3 André Soares. Um nome escolhido pela exuberância do seu patrono, o notável artista bracarense do século XVIII, famoso pela excelência das suas obras.
A escola André Soares, inaugurada em 1971/72, começou a funcionar em duas secções: a masculina, no Liceu Sá de Miranda e a feminina num anexo da Escola Industrial Carlos Amarante. Abriu com cerca de 1900 alunos, já com 30 a 31 alunos por turma, funcionando ainda com um anexo até ao ano escolar de 1983/84.

:: ler o artigo completo

:: Página com as crónicas da Dra. Maria Graça Moura


Os sólidos geométricos nos monumentos da minha cidade


Os alunos do 6.º G e 6.º H concretizaram o seu projeto no âmbito do Domínio de Autonomia Curricular (DAC) com o tema Os sólidos geométricos nos monumentos da minha cidade, tendo como base o referencial de Educação Ambiental para a Sustentabilidade e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável de acordo com a Agenda2030 no Contexto das Nações Unidas.
Além das aprendizagens essenciais das várias disciplinas envolvidas, (História e Geografia de Portugal, Matemática, Educação Visual, Educação Tecnológica, Educação Musical, Educação Física, Oferta Complementar e Cidadania e Desenvolvimento), constantes na planificação do DAC, o trabalho desenvolvido teve como finalidade incrementar esforços para proteger e salvaguardar o património natural e arquitetónico, garantir que todos os alunos adquiram conhecimentos e competências necessárias para promover o desenvolvimento sustentável e a não deixar ninguém para trás. Assim, os alunos construíram maquetes dos monumentos selecionados pelos próprios, existentes no Concelho de Braga, desenhos desses monumentos, que originaram uma exposição no átrio da escola. Elaboraram uma canção e um espetáculo artístico de ginástica acrobática, onde executaram sólidos geométricos.
Agradecesse a elevada participação dos familiares dos alunos em todo o desenrolar da atividade.
O sucesso desta só foi possível graças ao interesse e esforço de todos, resultando num elevado impacto direto no desempenho dos alunos em contexto sala de aula e realidade escolar . Parabéns pelo excelente trabalho.


 

Festival do Barco do Dragão (Curso de Mandarim)

No passado dia 14 de junho, decorreu na Escola sede do Agrupamento, a atividade de final de ano do Curso de Mandarim (“Festival do Barco do Dragão”), promovida pelo Instituto Confúcio e a coordenadora do projeto da Escola.
Esta atividade consistiu numa mostra dos talentos dos nossos alunos, bem como de aspetos da cultura e costumes chineses, a saber: canções chinesas; música no tambor de Língua de Aço; jogos tradicionais; dramatização de um diálogo em mandarim; exibição de um PowerPoint sobre o Festival do Barco do Dragão; construção de origamis ou outros ornamentos/objetos e confeção de um prato tradicional que é servido neste festival – “Zongzi”.
A atmosfera que se gerou em redor das atuações dos nossos alunos e das professoras de mandarim foi entusiástica e também relaxante, uma vez que todos ficaram inebriados com a pureza e alegria das crianças e com os momentos musicais, que nos transmitiram mensagens de Paz e de Harmonia.
Faço votos que este Projeto continue a granjear mais alunos e mais conquistas!

 A Coordenadora do Projeto: Maria Manuela das Neves


 

Torneio de Futsal


No dia 15 de junho, realizou-se nos espaços desportivos da escola André Soares um torneio de Futsal para todas as turmas do 7.º e 8.º ano, organizado pelo grupo de Educação Física. Viveu-se durante toda a manhã e em todos os jogos um clima de grande entusiasmo e um excelente convívio com muito fair play. Todos os participantes estão de parabéns pelo ambiente caloroso e desportivo que revelaram com um comportamento exemplar e boas atitudes desportivas. Foi uma manhã de alegria e de grandes emoções, principalmente nos jogos finais para apurar os vencedores.
A turma vencedora deste torneio de Futsal no 7.º ano foi o 7.º A e a turma vencedora do 8.º ano foi o 8.º I.
Parabéns a todos os participantes e pelo entusiasmo e gosto revelado pela prática desportiva.


 

Baile de Finalistas 2021/2022

Celebrou-se no dia 9 de junho de 2022 a tradicional Festa  de Finalistas – School Prom – para os alunos do 9.° ano de escolaridade. 
Foi um evento  memorável para as suas vidas, festejado com muito entusiasmo e alegria. Os seus rostos espelhavam o esplendor da sua felicidade.
Jamais esquecerão!

Parabéns aos alunos da Escola André Soares que souberam, como sempre, representar digna e orgulhosamente a sua escola.


Horta 1.ºE

A turma do 1.º E tem ido todas as segundas feiras tratar da horta.
Semearam feijões, grão de bico, e abóboras.
É uma tarefa  compartilhada e com ajuda da nossa assistente operacional D. Alice.


Alunos Felizes a Pedalar (Trial Bike)

Os alunos dos 5.º e 6.º anos da Escola André Soares viveram uma experiência fantástica na atividade de demonstração de Trial Bike, no dia 8 e 9 de Junho, com colaboração da Academia do Ciclista  e da coordenadora do Desporto Escolar!
Foi gratificante ver a alegria dos nossos alunos, estavam radiantes e felizes a pedalar!
Esta experiência na escola proporcionou momentos felizes e únicos que os alunos jamais esquecerão.
Foi uma atividade de agrado por parte de todos, mesmo os que não sabiam andar de bicicleta gostaram de aprender e de experimentar.
Nesta demonstração foi ainda possível promover uma maior consciência ambiental, cada vez mais presente e urgente, mas, também, a promoção de hábitos de vida saudável.

Parabéns a todos pela participação, empenho e comportamento exemplar.


 

Cartografias Imaginárias


Temporada França – Portugal – Projeto “Cartografias Imaginárias”,  nos dias 30 e 31 de maio e 1 e 2 de junho de 2022, em Enghien- les- Bains (França) , no âmbito do Projeto Cultural de Escola.
Na segunda residência artística, desta vez em Enghien-les-Bains, em França, os alunos da nossa escola, reforçaram os laços de amizade e culturais em volta do projeto “Cartografias Imaginárias”, no âmbito do Projeto Cultural de Escola (PCE).  Desta vez, foram os alunos franceses de Enghien a receber os alunos portugueses nas suas residências, naquela cidade.
Este momento permitiu apresentar este fantástico projeto “Cartografias Imaginárias”, no Centre des Arts d’ Enghien-les-Bains no qual os alunos franceses e portugueses tiveram a oportunidade e o privilégio de participar.
Agora, no dia 7 de junho de 2022, pelas 18h30, será a vez da apresentação do trabalho final, no Auditório de Braga Simões, na Escola André Soares.
Obrigado a todos que permitiram esta experiência que acompanhará os nossos alunos por muito tempo, criando laços com a cultura e a língua francesas. 

A todos, muitos parabéns!!