Olimpíadas da Cultura Clássica 2023-24

Esta iniciativa, fruto da parceria entre a Rede de Bibliotecas Escolares do Ministério da Educação e a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, realizou-se, mais uma vez, neste ano letivo, com a participação de dezenas de escolas de norte a sul do país.
Entre os mais de 2000 jovens concorrentes, foram premiados os/as seguintes aluno/as do Agrupamento de Escolas André Soares:
Escola Básica de S. Lázaro
Aluna: Maria Mendes Valente
Distinção: 2.º Prémio
Modalidade: Escrita
Escalão: A (4.º,  5.º e 6.º anos)

Aluna: Benedita Fernandes Xavier
Distinção: 3.º Prémio
Modalidade: Escrita
Escalão: A (4.º,  5.º e 6.º anos)

Escola Básica do Fujacal
Aluna: Leonor Ferreira Araújo
Distinção: 3.º Prémio
Modalidade: Escrita
Escalão: A (4.º, 5.º e 6.º anos)

Escola Básica André Soares
Alunos: Clara Marques Vieira, Dinis da Silva Costa e Gustavo Veloso Sousa
Distinção: 1.º Prémio
Modalidade: Recursos Digitais
Escalão: B (7.º, 8.º e 9.º anos)

No próximo dia 24 de junho, segunda-feira, a partir das 14h30, vai realizar-se a Festa de Entrega de Prémios, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (Anfiteatro 1).


 

Semana da Leitura 2024

50 anos depois do 25 de abril, Portugal continua a festejar a liberdade. O Agrupamento de Escolas André Soares alia-se a esta festa e organizou a Semana da Leitura, este ano, sob o lema Leitura e Liberdade.
As diversas atividades previstas vão permitir saborear o prazer de ler. O prazer de ler a liberdade. A felicidade de ler em liberdade.
Assinalamos a abertura oficial da Semana da Leitura com a leitura do poema de Jorge de Sena:
A cor da Liberdade
Não hei de morrer sem saber
qual a cor da liberdade.
Eu não posso senão ser
desta terra em que nasci.
Embora ao mundo pertença
e sempre a verdade vença,
qual será ser livre aqui,
não hei de morrer sem saber.
Trocaram tudo em maldade,
é quase um crime viver.
Mas, embora escondam tudo
e me queiram cego e mudo,
não hei de morrer sem saber
qual a cor da liberdade.
:: programa da Semana da Leitura

Concurso Nacional de Leitura

Nos dias 9 e 10 de março o Agrupamento André Soares fez-se representar na fase concelhia do Concurso Nacional de Leitura, com a participação de duas alunos de cada ciclo.
Todas tiveram uma prestação excelente, mas damos destaque às duas alunas que venceram na prova escrita e na prova de palco, indo agora representar o Agrupamento na fase intermunicipal, que se vai realizar em Amares, no dia 20 de abril.

Uma salva de palmas especial para a Íris Rodrigues do 6.º F e para a Mariana Marin do 8.º C, que são as grandes vencedoras.


Mapa Sonoro da Leitura Autónoma – 7.ºA

Num trabalho de articulação, a Biblioteca Escolar e a disciplina de português aliam a leitura autónoma dos alunos à sua formação nas literacias digitais e tecnológicas. Após uma sessão formativa, explorando o Genially e o Canva, os alunos do 7ºA, turma do Projeto Piloto dos Manuais Digitais, gravaram pequenos excertos das obras que os próprios selecionaram para a sua leitura autónoma e elaboraram um mapa sonoro.
A partilha das leituras consubstanciou-se ainda na elaboração das fichas de leitura e nas apresentações orais.


 

Encerramento do Centenário de José Saramago

No dia 16 de novembro encerram-se as comemorações do Centenário de José Saramago.
a) na primeira aula desse dia, o docente acompanha a sua turma e visualiza um vídeo de  3, 25 minutos, da RTP Ensina, acedendo a este llink  https://ensina.rtp.pt/artigo/jose-saramago
b) durante essa mesma manhã, entre as 10:10h/11:00h, os alunos do 3.º ciclo passarão pelas salas de aula e outros espaços/serviços da escola para lerem um pequeno texto do escritor.
c) na biblioteca, estarão expostas algumas caricaturas de Saramago da autoria dos alunos do 9.º ano que frequentaram a Escola André Soares em 2021/2022.