Uma marca identitária

Encerradas as comemorações do centenário de André Soares, resta ainda uma reflexão sobre a marca que as mesmas deixarão na cultura, na identidade do Agrupamento que tem o seu nome. Os eventos, as comemorações, as efemérides, têm beleza, importância e notícia imediata. Mas a maior importância, a maior beleza de tudo em que nos envolvemos está na marca transformadora que os atos deixam depois da sua passagem.

:: ler o artigo completo

:: Página com as crónicas da Dra. Maria Graça Moura


'>

Author Information

'>

Color

Details