LabMat – Laboratório de Matemática

Este novo espaço acessível a partir da página de Clubes André Soares tem como objetivo  estimular no aluno o gosto pela matemática, a perseverança na busca de soluções e a confiança na sua capacidade de aprender e fazer.
Contribuir para a construção de conceitos, procedimento e habilidades matemáticas, bem como fomentar o espírito crítico e de investigação serão o foco principal do trabalho no Laboratório de Matemática.


Centro Escolar do Fujacal – Projeto ERASMUS+

MANUAL SKILLS IN 3.0 WEB AGE é o site do projeto Erasmus + do Centro Escolar do Fujacal onde se pode assistir à apresentação feita pelos alunos, vídeos, atividades, galeria de fotos e intercâmbios realizados com escolas de outros países.
 

Maio de 2019

NextGEN Gallery

Edit
Delete

Imagens e atividades do Projeto ERASMUS+ no encontro “MANUAL SKILLS IN 3.0 WEB AGE” na cidade de Castelcovati, Itália. Este projeto que está a ser implementado no Centro Escolar do Fujacal foca-se nos objetivos seguintes: – possibilitar oportunidades de cooperação e mobilidade junto dos países parceiros, bem como incentivar atividades de aprendizagem não formal, visando melhorar as capacidades e as competências dos jovens e, consequentemente, conduzir à prática efetiva de uma cidadania ativa, cooperativa e culta; – disseminar métodos didáticos modernos, agilizar a criatividade e o e-learning, com vista a reduzir o abandono escolar; – quebrar barreiras entre os países para se desenvolver o respeito por outras culturas e línguas; – fomentar a aprendizagem de línguas estrangeiras e valorizar a diversidade linguística.


Projeto “European Survival Through CLIL: the rule of the 3s”


Com o objetivo de contribuir fortemente para o crescimento individual, social e académico dos alunos, promovendo a aquisição das competências transversais, únicas e essenciais para o aluno do século XXI, o Agrupamento de Escola André Soares, no âmbito do Programa Erasmus+, continua a apostar em oferecer oportunidades aos seus alunos e professores promovendo mobilidades para fins de aprendizagem ou formação. Sair fora da zona de conforto é sinónimo de desenvolvimento pessoal e até académico, confere uma dimensão única deste momento de partilha e aprendizagem.
No âmbito do Projeto “European Survival Through CLIL: the rule of the 3s”, um grupo de alunos e professores deslocaram-se a Kaunas, Lituânia, para realizarem a última mobilidade do projeto. Assim, os alunos encontram-se a desenvolver atividades na escola Kauno r. Garliavos Jonuciu gimnazija”, Garliava, apresentam trabalhos desenvolvidos ao longo do 2º e 3º períodos, assistem a aulas CLIL, participam em workshops, atividades de sobrevivência, interagem com as famílias Lituanas de forma a conhecerem a sua realidade e cultura, Tudo isto contribui para melhorar as capacidades e as competências dos jovens e, consequentemente, reforçar a sua cidadania ativa. Existe uma forte aposta na aprendizagem de línguas estrangeiras e valorizar a diversidade linguística.
Esta mobilidade serve para encerrar este projeto que teve a duração de três anos, tendo sido apresentados os produtos finais e preparado a realização de relatório final para entrega à Agência Nacional.


Gabinete de Apoio ao Aluno e Família Migrante

Entrou no dia 22 de maio de 2019 em funcionamento o Gabinete de Apoio ao Aluno e Família Migrante, criado pelo Agrupamento de Escolas André Soares, em parceria com o Projeto Incluir em Synergia-E7G. Este inovador gabinete vem responder aos múltiplos desafios surgidos com o aumento exponencial do número de alunos imigrantes no concelho, provenientes dos mais diversos países, e pretende ser um passo decisivo para tornar as escolas mais inclusivas e apoiar os estudantes e as famílias.
O Horário de Atendimento será às segundas, quartas e sextas-feiras entre as 09h00 e as 12h00.


Erasmus + na Bulgária

No âmbito do projeto “European Survival through CLILL: the rule of 3S” uma equipa da escola André Soares encontra-se em Sofia, Bulgária, a participar na penúltima mobilidade. Durante a semana os alunos terão oportunidade de visitar esta escola de Línguas, assistir a aulas CLILL, fazer as apresentações sobre emigrantes/refugiados e sobre o Kit de sobrevivência.
Participarão também num exercicio de simulação onde demonstrarão as suas capacidades de sobrevivência.
Estão previstas também algumas visitas culturais. 
Entretanto, os alunos foram para a capital da Bulgária, Sofia,  onde apresentaram um kit de sobrevivência transnacional na Escola 18 William Gladston.
Também assistiram a uma aula Content Led Integrated Language Learning (CLILL) de Matemática.


Orçamento Participativo das Escolas

Dá voz aos alunos! Os alunos do 3.º ciclo vão poder decidir o que querem melhorar na nossa escola. Para isso, precisam de ter uma ideia, reunir apoio e, claro, conseguirem os votos dos colegas! Trata-se de um processo democrático que já está em curso. Até ao dia 28 de fevereiro os alunos do 3.º ciclo podem apresentar a sua proposta.
A melhor proposta será votada no final de março.
PARTICIPA!

:: Site Orçamento Participativo das Escolas
:: Regulamento do Orçamento Participativo das Escolas

:: Informação/síntese de como participar
:: Cartaz do evento


Mini Mapas Sonoros

O Mini Mapa Sonoro convida uma turma a fazer a sua própria viagem pelo património material e imaterial de Braga. Partindo de seis referências locais das suas escolas, a aventura passa por criar uma ilustração do seu próprio mapa e pela gravação dos sons que o rodeiam e caracterizam.
No âmbito deste projeto foram realizados trabalhos, em parceria com o Serviço Educativo Braga Media Arts, pelas turmas 8.º E e 5.º G, que estão publicados na página oficial da Braga Media Arts.
Para poder tirar partido de todas as funcionalidades do Mini Mapa Sonoro, o computador deverá ter uma coluna com som associada. Ao passar com o rato por cima das ilustrações feitas pelos alunos, podemos reconhecer os sons que os mesmos alunos gravaram durante a atividade e que reconheceram como património peculiar da nossa escola.


Namorar com fair play

Na semana de 11 a 14 de fevereiro realiza-se a Semana dos Afetos cujo principal objetivo é sensibilizar para a temática da Violência no Namoro.
A violência nas relações de intimidade tem, muitas vezes, inicio no namoro entre jovens e traduz-se numa relação desigual em que um dos elementos do casal pretende, através da violência, dominar e controlar a outra pessoa.
Esta ação dinamizada pela equipa do Programa de Educação para a Saúde (PES) pretende:
• Prevenir a vitimização de jovens e a violência com base nas desigualdades de género;
• Combater a violência no namoro;
• Sensibilizar jovens para a igualdade de género;
• Eliminar estereótipos de género promovendo uma cultura de não-violência;
• Promover uma cidadania participativa.
:: mais informação/cronograma das sessões