Escritor António Mota visita a Escola André Soares

Hoje o grande escritor António Mota esteve com os nossos alunos e fez o apadrinhamento da sala de aula “António Mota”. Foi uma grande honra e que nos deixou muito curiosos, felizes e com mais vontade de explorar as suas obras.
Nesta iniciativa, os alunos dos 4.º, 5.º e 6.º anos demonstraram que o valor da leitura é importante no crescimento como cidadãos e fundamental no sucesso escolar.


 

Semana da Cultura Científica


19 a 23 de novembro

Há cientistas na escola – Afixação de curtas biografias de Ada Lovelace, Alan Turing, Albert Einstein, António Gedeão, Galopim de Carvalho e Marie Curie junto aos seus nomes, nas respetivas salas.
Todos os dias Aler+ os Cientistas – em todas as salas de aula, leitura de biografias dos cientistas que dão o nome aos laboratórios da escola e à sala de TIC (Todos os dias às 8:20h, na sala de aula)
Aler+ os cientistas – os alunos de 3.º e 4.º anos do Agrupamento vão ler/explorar biografias de alguns cientistas famosos.
Momentos de ciência – No laboratório de Físico-Química as turmas do 3.º ciclo recebem alunos do 2.º ciclo;
Há ciência na biblioteca – Bibliotecas do 1º ciclo com os alunos do 3.º e 4.º anos;
Literacias 3D – Provas – Realizar-se-ão na Biblioteca para os alunos do 2.º ciclo;
Exposição de trabalhos “À Descoberta dos Cientistas” – alunos do 3.º ciclo/ Ciências Naturais
Exposição de trabalhos “O Universo” – alunos do 7.ºC / Físico-Química

19 a 21 novembro
Exposição Chemistry Anywhere – Átrio da escola

21, 22 e 23 novembro
Feira dos minerais – Átrio da escola

Organização
Departamento de Matemática e Ciências Experimentais
Biblioteca Escolar


 

Alunos aprendem a agir em caso de sismo

Os alunos da EB 2,3 André Soares, em Braga, associaram-se esta Segunda-feira, dia 5 de Novembro, ao exercício ‘A Terra Treme’ e simularam os comportamentos a seguir em caso de sismo. Esta iniciativa, que pretendeu alertar e sensibilizar a comunidade escolar sobre como agir antes, durante e após um sismo, contou com a presença de Lídia Dias, vereadora da Educação do Município de Braga, e foi dinamizada pela Divisão Municipal de Protecção Civil.

Durante um minuto, precisamente às 11h05, os alunos praticaram os três gestos básicos de protecção em caso de sismo: Baixar, Proteger e Aguardar. Esta foi uma iniciativa de âmbito nacional promovida pela Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), em parceria com a Direcção-Geral da Educação (DGE) e a Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), e visa capacitar os cidadãos a saberem como agir em caso de sismo.

Para além do trabalho desenvolvido no estudo, planeamento e prevenção de riscos e catástrofes naturais, o Município de Braga assume a importância de sensibilizar a população para as atitudes correctas a adoptar, neste caso, numa situação de ocorrência de sismo.

Embora esta iniciativa vise abranger todos os cidadãos, a Autarquia Bracarense voltou a dedicar especial atenção na população mais jovem, nomeadamente os alunos do ensino básico, “por ser um segmento da população muito receptivo e permeável à mensagem subjacente à iniciativa, e que altera mais facilmente comportamentos e atitudes face ao risco”, explicou Lídia Dias, esperando que os alunos possam influenciar e sensibilizar os seus familiares e amigos.
Fonte: blog do minho


 

Saber+ sobre o Halloween

Em articulação com a disciplina de Inglês, as turmas do 2.º ciclo vão à biblioteca testar os seus conhecimentos sobre o Halloween através de um jogo com recurso aos tabletes e à aplicação kahoot.


 

Horta do Fujacal

A Horta da Escola Básica do Fujacal continua a sua plantação sob o lema  “Mais ervas aromáticas, menos sal”.
A utilização de ervas aromáticas poderá influenciar dupla e positivamente a saúde, quer pela redução da quantidade de sal na dieta, quer pelas propriedades benéficas que apresentam para a saúde. Esses benefícios incluem um possível papel na prevenção de doenças neurodegenerativas, cancro, assim como na diabetes e doenças cardiovasculares . 
Fonte: DGS


 

A Terra Treme

No dia 5 de novembro será realizado em Portugal o exercício público de prevenção do risco sísmico A TERRA TREME, às 11 horas e 5 minutos, com a duração de 1 minuto. A Direção-Geral da Educação, no âmbito da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania, do Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória e do Protocolo de colaboração estabelecido para o domínio do Risco com a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares e a Autoridade Nacional de Proteção Civil, vem convidar os
agrupamentos de escolas e escolas não agrupadas a participar nesta iniciativa.
A TERRA TREME é um exercício que pretende alertar e sensibilizar a população para agir antes, durante e depois da ocorrência de um sismo. Durante um minuto, a população deverá praticar os 3 gestos que podem salvar vidas em caso de sismo – Baixar, Proteger e Aguardar.
Esta atividade incluída na área da Educação para a Cidadania tem ainda como finalidade desenvolver e reforçar uma cultura de segurança, promovendo uma cidadania ativa e participativa desde cedo nas crianças e jovens dos vários níveis de educação e ensino.


 

Campanha Escola + amiga do Ambiente

Em horário definido pelo Diretor de Turma alunos deverão recolher lixo e colocá-lo nos contentores e/ou nos ecopontos, que se encontram nos espaços exteriores, da escola.
No final da aula ou na aula seguinte os alunos farão uma reflexão e responderão em grupo a três questões que serão colocadas previamente no espaço destinado a cada turma no gabinete dos diretores de turma.
Posteriormente as respostas serão coladas pelos alunos num expositor colocado para esse efeito na entrada da escola.
O material necessário para esta atividade encontra-se no PBX (uma luva por aluno um saco para o lixo e um saco para as embalagens).


 

Semana da Alimentação

Na semana de 15 a 20 de outubro o AEAS comemora a “Semana da Alimentação” (atividade do Plano Anual de Atividades), este ano com o tema Cortar no Sal é acrescentar na Saúde.
Os alunos do 2.º ciclo participarão em sessões orientadas pelas equipas do Programa de Educação para a Saúde (PES) e da BibliotecaEscolar (BE). Agradecemos a vossa atenção e colaboração.

Aos docentes de Oferta Complementar do 7.º, 8.º e 9.º anos solicitamos que na aula divulguem o vídeo acima e depois façam uma reflexão sobre o tema.


 

Ação Social Escolar

O que é a Ação Social Escolar? O que contempla?
A Ação Social Escolar (ASE) é uma medida de apoio que se destina a comparticipar nas despesas escolares dos alunos e serve para a aquisição de livros e material escolar, refeições e transportes.
No pré-escolar o subsídio de Ação social Escolar destina-se ao pagamento de refeições.

​O que devo fazer para beneficiar dos subsídios de Ação Social Escolar?
Para beneficiar de subsídios de Ação Social Escolar, os encarregados de educação devem preencher os modelos de candidatura que se encontram disponíveis no Serviço de Ação Social Escolar do Agrupamento de Escola no ato de matrícula e tendo em atenção os prazos fixados para o efeito.
Os processos de candidatura a subsídios são analisados pelos serviços de Ação Social Escolar dos Agrupamentos de Escola e decididos pelo Município.
A utilização dos benefícios concedidos no âmbito da Ação Social Escolar só são efetivos a partir da data de decisão do Município.
Decorrido o prazo inicial de candidatura e ao longo do ano letivo, se se verificar a diminuição dos rendimentos do agregado familiar que se reflita na alteração do escalão de abono de família, pode ser apresentada candidatura para atribuição de subsídio de Ação Social Escolar.

​O que determina o escalão de Ação Social Escolar?
O escalão de Ação Social Escolar é indexado ao escalão de abono de família de que beneficia a criança e/ou aluno:
O escalão A do ASE corresponde ao escalão 1 do Abono de Família
O escalão B do ASE corresponde ao escalão 2 do Abono de Família
O escalão C do ASE é atribuído às crianças e alunos com escalão 3 ou mais do Abono de Família
Os escalões de capitação e valores das comparticipações dos apoios socioeconómicos para cada ano letivo são atualizados anualmente através da publicação de um Despacho da tutela.